COMO PODEMOS AUXILIAR NO TRATAMENTO DE PACIENTES COM INCONTINÊNCIA URINÁRIA POR ESFORÇO.

COMO PODEMOS AUXILIAR NO TRATAMENTO DE PACIENTES COM INCONTINÊNCIA URINÁRIA POR ESFORÇO.

A incontinência urinaria por esforço é dada pela queixa de perda involuntária de urina por:

Esforço

Tosse

Espirro

É preciso:

Fazer o fortalecimento da musculatura do assoalho pélvico em casos de fraqueza muscular podendo ser trabalhado em grupo e para casos de hipertonia é necessário o atendimento individual  trabalhando o relaxamento da musculatura.

Os principais músculos do assoalho pélvico  envolvidos são:

M. Puborretal

M. Pubovisceral

M. Ileo Coccigeo

O assoalho pélvico possui como função dar a sustentação e posicionar os órgão pélvicos, continência urinária e fecal, micção, evacuação e relações sexuais. Os MAP além de dar força para sustentar as vísceras, sofre ação da gravidade, e aumenta a pressão intra-abdominal, por isso durante a gestação os casos de incontinência urina por esforço são frequentes.

O Pilates beneficia nesta patologia devido ao treino da respiração associado ao movimento e ativação do power house durante  os exercícios deve-se monitorar o paciente para evitar que realizem a manobra de valsalva.